O controle da raiva na adolescência

O controle da raiva na adolescência é um assunto muito importante, porém pouco abordado. Neste blog, você vai ver as principais técnicas de lhe dar com essa emoção e até mesmo se aprofundar no assunto através de um Ebook.   

Primeiramente, é fundamental ressaltar a influência na criação dos pais e na convivência familiar do adolescente para analisar o seu comportamento.

Aspectos como, briga excessiva, ausência, convívio com o álcool ou drogas, agressões, etc. podem desencadear um descontrole emocional no adolescente a ponto de acompanhá – lo por toda vida, se não tratado.

Deste modo, você verá aqui algumas técnicas para se ter o controle da raiva na adolescência. Fase esta, em  que as emoções estão à flor da pele e muitas vezes os jovens se sentem confusos por não saberem lidar com elas.

A raiva é um sentimento ruim?

A raiva é uma emoção normal e importante, mas às vezes pode ser difícil de lidar. Ela pode surgir por vários motivos, como se sentir injustiçado, frustrado, triste ou impotente. A raiva pode dar energia para buscar os objetivos, mas também pode levar a comportamentos agressivos ou destrutivos

Sob o mesmo ponto de vista, nossas emoções existem porque tem um sentido de ser. Assim também é com a raiva. Por isso, é fundamental a prática do autoconhecimento para elevar- se no autocontrole. 

No livro A arte da guerra, o autor Sun Tzu fala que a melhor forma de combater o inimigo é conhecendo – o primeiramente. Os nossos inimigos internos funcionam da mesma forma. Não se tem o controle da raiva sem o autoconhecimento. 

O descontrole emocional pode ocasionar diversos prejuízos para o ser humano. Dentre eles: dificuldade no convívio social, medo, timidez, depressão, ansiedade, síndrome do pânico, etc. 

Do mesmo modo, não externar  o sentimento da raiva, da forma correta,  conte-lo demasiadamente, causa igual prejuízo, ocasionando em doenças como: hipertensão, AVC e até mesmo câncer.

Na adolescência é muito comum sentir-se efurecido  por ser uma fase de muitas mudanças e desafios. Por isso, é fundamental pedir orientação dos pais ou a quem de confiança para poder te auxiliar da melhor maneira.  

Aos pais e responsáveis devem se colocar de maneira firme, mas evitar serem rudes, pois isso só vai piorar.

Segundo a psicologia, a melhor forma de lidar com a agressividade na adolescência é evitar o confronto, buscando sempre o diálogo.  

O controle da raiva pode parecer difícil no início, mas a prática ao longo prazo traz ótimos resultados, como saber lidar com os problemas do cotidiano e resolvê-los sem danos para a saúde mental e física.

Como controlar a raiva?

Como dito, a raiva é uma emoção natural e importante, mas quando não controlada pode trazer muitas consequências negativas. Por isso, é importante aprender algumas estratégias para controlá-la e evitar que ela se transforme em agressividade, violência e conflitos.

A seguir, algumas dicas que podem ajudar os adolescentes a controlar a raiva.

1 – Identifique os gatilhos da raiva

 Antes de tudo, é importante entender o que gera a raiva. Algumas situações podem despertar emoções intensas, como provocações, cobranças, frustrações, injustiças, dentre outras. Quando você sabe o que te deixa irritado, é mais fácil se preparar para lidar com a emoção. 

2 – Respire fundo

Quando você sentir que a raiva está tomando conta de você, tente se acalmar respirando fundo e contando até dez. isso ajudará a diminuir a intensidade da emoção e te dará um tempo para pensar antes de reagir. 

3 – Pratique a empatia 

Coloque se no lugar da outra pessoa e tente entender a situação sob a perspectiva dela. Isso ajudará a ter um olhar mais humano e a reduzir a raiva 

4 – Fale sobre seus sentimentos

Compartilhar os sentimentos com alguém de confiança pode ajudar a aliviar a raiva. Por isso, converse com um amigo, um familiar ou um profissional de saúde mental.

5 – Pratique atividades físicas 

A prática de esportes e atividades físicas pode ajudar a liberar a raiva de uma forma saudável. Além disso, é uma ótima maneira de regular o humor e aumentar o bem-estar emocional.

6 – Jogos interativos

Existem alguns jogos que ajudam os adolescentes a perceberem sua habilidade de controlar emoções e sentimentos de raiva e negatividade. O jogo do círculo consiste em formar um círculo de pessoas, onde cada uma irá demonstrar uma expressão de raiva, explicando o motivo, deixando – a colocar para fora o sentimento negativo. Em seguida a pessoa mudará para uma expressão positiva, explicando o motivo.

Buscando informação

Colocando em Prática

Além dos exercícios citados aqui, o adolescente precisa de muita ajuda e orientação para alcançar o controle da raiva.

Entretanto, ele precisa, acima de tudo, querer. Sem o interesse para evoluir no controle da mente não tem como prosseguir. 

Para isso, é fundamental buscar se informar cada vez mais. Conhecer a si mesmo, necessita de um mergulho profundo no conhecimento. Para tanto, segue abaixo um ebook que explora de maneira mais sucinta as formas de como se ter o controle da raiva na adolescência.